Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Médicos ganham menos em Lucas do Rio Verde; veja diferença por local

Comparativo foi feito entre os municípios de Lucas do Rio Verde, Sorriso e Nova Mutum

Um dos atrativos da medicina com certeza é o salário. Ela é a área mais bem paga do Brasil. A variação salarial depende de muitas questões: região, formação, experiência, especialidade, etc.

Entre os principais municípios do norte do estado de Mato Grosso, Lucas do Rio Verde é o que paga menos para os médicos. A diferença de valor varia bastante entre os locais.

 

Para se ter uma ideia da situação, tem médico concursado clínico geral da Atenção Básica na cidade de Sorriso, por exemplo, recebendo quase R$ 60 mil, por mês, de salário bruto (que inclui salário base + benefícios), enquanto em Lucas do Rio Verde - cidade vizinha - a maior remuneração bruta de um clínico geral encontrada como referência no último mês é de pouco mais de R$ 18 mil mensal.

O Portal da Transparência da Prefeitura Municipal de Nova Mutum, outra cidade vizinha a Lucas do Rio Verde, informa que o salário de um médico que trabalha 40 horas semanais pode ultrapassar os R$ 20 mil.

A diferença de proventos entre Lucas e municípios vizinhos é de fato inegável. Mas, para quem ainda não sabe, a emenda constitucional 41/03, que trata do teto remuneratório para os ocupantes de empregos públicos, é o que impede Lucas, considerado a capital da agroindústria, oferecer um salário base superior ao do prefeito que ganha quase R$ 14 mil por mês. O último aumento de salário para prefeito, vice e secretários registrado em Lucas do Rio Verde foi em 2012.

Enquanto isso, o prefeito de Nova Mutum é atualmente remunerado com R$ 27.868,49 mensais e o chefe do executivo de Sorriso com R$ 28.844,01 - o dobro do salário do prefeito de Lucas.

Uma possível solução, nesse caso, para Lucas do Rio Verde seria a aprovação de um projeto de lei para aumentar o salário do prefeito, do vice e dos secretários municipais. Dessa forma, Lucas poderia pagar bem melhor aos seus médicos - sem esbarrar na legislação.

23/11/2021 | MT Agora


Mais Noticias

01/12/2021 | VIOLENCIA SEXUAL

Violência sexual; um crime com autor conhecido

01/12/2021 | EDUCAÇÃO

Secitec de Lucas do Rio Verde abre inscrições para três cursos técnicos

Ao todo, são 120 vagas distribuídas entre os cursos de Comércio Exterior, Logística e Agricultura

01/12/2021 | GERAL

Curso de salgados tem inscrições abertas no Cras de Lucas do Rio Verde

Parceria com o Senac abriu 20 vagas para serem preenchidas até sexta (03)

01/12/2021 | GERAL

Lei garante contratação de 30% dos artistas locais em eventos do Município

Chamada “Artistas da Nossa Terra”, a lei estabelece que percentual deve ser distribuído de forma igualitária

VEJA MAIS