Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Horto Municipal abriga estudo com clonagem de banana para agricultura familiar

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e Empaer conduzem avaliação em parceira

 (Foto: Ascom Prefeitura/ Anderson Lippi)

Uma das frutas mais consumidas entre os brasileiros, a banana, foi escolhida para um estudo desenvolvido por meio de um jardim clonal de variedades da fruta em Lucas do Rio Verde. Os trabalhos estão sendo conduzidos pela Empresa Mato Grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) em parceria com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do Município.

A primeira colheita dos frutos, plantados no Horto Municipal, localizado aos fundos do Espaço do Empreendedor, foi feita há cerca de uma semana, após pouco mais de um ano, período de maturação do fruto.

De acordo com a técnica da Empaer, Juliana Avelar, o objetivo é conseguir identificar genótipos da cultura da banana e suas características agronômicas e comerciais, que possam ser recomendadas e fornecidas aos agricultores familiares do município para possível produção local.

As espécies escolhidas para o campo clonal de meio hectare foram da banana-nanica (Grande naine "Willians") e banana da terra (três genótipos 79, 80 e 88), com um total de 480 pés das variedades. A implantação é uma extensão do programa de melhoramento genético de bananas executado pelo Centro de Pesquisa da Empaer, em Cáceres.

?O intuito de trazer essas mudas de banana foi para ampliar a perspectiva do agricultor familiar de Lucas do Rio Verde. A banana é uma aptidão local e uma demanda de consumo muito alta. A gente quer diversificar a agricultura familiar, então foi proposto isso à Empaer, e em parceria com a Prefeitura?, contou a técnica.

O resultado da primeira colheita foi bastante positivo, como celebra o supervisor da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelo Reckziegel, sobre o avanço técnico alcançado por meio desta avaliação no município.

?Estamos vendo muito potencial nesse material, com base no primeiro resultado. Quando concluída a avaliação, vamos disponibilizar ao nosso agricultor familiar essas mudas, para ele ter uma opção melhor de sustentabilidade da própria propriedade, como na alimentação?, contou o servidor da Secretaria.

Além da subsistência, o fruto também será uma opção de comercialização para os pequenos produtores que tiverem interesse e disponibilidade de plantar em uma área maior.

?Aos produtores que se identificarem com a bananicultura vamos disponibilizar esse material para que ele tenha acesso sem custo e melhore a rentabilidade da propriedade?, pontuou Marcelo.

?A primeira análise trouxe ótimos resultados, com uma média de 10 a 12 pencas por cacho, sendo cada penca com uma média de 20 frutos. É animador ver essa produção, mas o estudo ainda está em andamento?, contou Juliana.

Os cachos colhidos foram levados para uma câmara climatizada, onde passarão pela maturação, para saber como a cultura irá se comportar, mais um dado importante para a avaliação.

A colheita inicial é chamada de avaliação de produtividade e, em seguida, é feita a replicação e, por fim, futuramente - conforme toda análise do estudo e aptidão da cultura - é realizada a distribuição das mudas aos produtores.

Os responsáveis pelo estudo explicam que buscarão trazer novas possibilidades de avaliações para disponibilizar ao agricultor familiar, com foco para a inovação que possa ser introduzida na propriedade rural.

?A Empaer sempre foi parceira. Acreditamos que esse trabalho é fundamental, assim como essa parceria com a Empaer, de levar assistência técnica e a extensão rural. A iniciativa vai dar certo e vamos poder oferecer mais uma opção de renda e subsistência para os nossos produtores?, finalizou Marcelo.

20/01/2022 | Ascom Prefeitura/ Aline Albuquerque


Mais Noticias

23/05/2022 | Lucas do Rio Verde

Expansão de Lucas do Rio Verde será discutida em audiência pública

O perímetro a ser expandido, cerca de 30%, consta no Plano Diretor do município

23/05/2022 | Lucas do Rio Verde

Troca de cartões Ser Família Emergencial será na Secretaria de Assistência Social

Beneficiários que ainda não efetuaram, devem providenciar a troca até o dia 31 de maio

23/05/2022 | Lucas do Rio Verde

Secretaria de Saúde terá horário noturno para vacinação nesta semana

Dias 25 e 26 e maio, quatro unidades de saúde atenderão das 17h às 21h

23/05/2022 | Lucas do Rio Verde

Comjuve marca presença na 4ª Conferência Estadual da Juventude em Cuiabá

Evento tratou de políticas públicas para os jovens e elegeu delegados para a Conferência Nacional da Juventude

VEJA MAIS