Unidade de saúde inaugurada em 2016 nunca recebeu pacientes em MT

A Prefeitura de Chapada dos Guimarães diz que não pode abrir o prédio que estaria com rachaduras e infiltrações. Por isso, iniciou uma reforma no local, que nunca foi utilizado.
TVCA/Reprodução

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Chapada dos Guimarães, que foi inaugurada em 2016 após gastos de mais de R$ 1 milhão, até hoje não abriu as portas para atendimento aos pacientes do município.

A Prefeitura de Chapada dos Guimarães diz que não pode abrir o prédio que estaria com rachaduras e infiltrações. Por isso, iniciou uma reforma no local, que nunca foi utilizado.

Os reparos e a pintura custaram R$ 100 mil.

Em maio do ano passado, a então secretária de Saúde afirmou que o prédio seria aberto em julho daquele ano.

Agora, o prédio já está reformado, mas faltam os equipamentos.

O secretário de Saúde, Jamirson Alves Murtinho, afirmou que o prédio será aberto à população em dois ou três meses, com um gasto de mais R$ 1,2 milhão.

“A licitação para compra dos equipamentos já está em andamento e até maio o local será reinaugurado”, afirmou.

08/02/2019 | G1 MT