Sequestrado por engano consegue fugir de cativeiro após ameaça de morte em MT

Rapaz de 27 anos fugiu de galpão em direção a um matagal. Segundo ele, um dos criminosos disse que integrantes da quadrilha tinham sequestrado pessoas erradas.

Um jovem de 27 anos foi sequestrado por engano quando chegava na residência dele, no Bairro Parque Amperco, em Cuiabá, por volta de 21h da quarta-feira (9). A Polícia Civil informou que ele foi abordado por quatro homens armados, que estavam em um carro branco. Ele foi levado para um cativeiro, mas conseguiu fugir.

Conforme a polícia, a vítima foi colocada no porta-malas do veículo. O percurso foi identificado pelo jovem. Ele percebeu que o veículo passava pela ponte Sérgio Motta, que divide os municípios de Cuiabá e Várzea Grande, e desse modo soube que estava sendo levado para Várzea Grande, na região metropolitana da capital.

Ele foi levado para um galpão abandonado, em Várzea Grande, onde havia outro homem amarrado, de acordo com o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar.

Um dos integrantes da quadrilha identificou que os criminosos tinham sequestrado as pessoas erradas, ao entrar no galpão e ver as vítimas amarradas.

Com isso, o jovem foi colocado de volta no carro, sempre sob ameaças. "Não são esses dois", disse o homem ao identificar a falha, como a vítima contou à polícia, conforme o boletim de ocorrência.

Ele contou à polícia que os homens teriam dito que ele morreria da mesma forma, pois já sabia onde ficava o galpão. O jovem aproveitou um momento de desatenção dos sequestradores e conseguiu fugir, seguindo em direção a um matagal próximo da estrada.

Na fuga, deparou-se com um policial militar, que, ao notar a situação, ajudou a vítima e a levou para registrar o boletim de ocorrência.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. A polícia informou que ainda não tem conhecimento sobre a outra vítima de sequestro. Nenhum dos suspeitos tinha sido preso até a publicação desta reportagem.

11/08/2017 | G1 MT