Quase 180 mil eleitores de MT que não fizeram revisão biométrica tiveram o título cancelado

Prazo para regularização vai até dezembro deste ano, nas unidades de atendimento ao eleitor.
TRE/MT

Em Cuiabá, 124.780 eleitores tiveram o título cancelado por não fazer o cadastramento biométrico, já em Várzea Grande, região metropolitana da capital, 54.755 perderam o documento. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), os eleitores com títulos cancelados têm até dezembro de 2019 para regularizar a situação.

Para reaver o documento, o eleitor deve procurar um dos postos de atendimento do TRE, levando um documento oficial com foto e comprovante de residência.

Em Cuiabá, o atendimento ao eleitor ocorre na Casa da Democracia, na Avenida do CPA e nas unidades do Ganha Tempo, no Centro e no Bairro CPA I.

Já em Várzea Grande, o eleitor pode procurar a Central de Atendimento, na Avenida Castelo Branco, no Centro.

O atendimento é das 7h30 às 13h30.

Prejuízos

O eleitor com o título cancelado não pode obter a certidão de quitação eleitoral, cuja apresentação se faz necessária para o exercício de diversos direitos civis, como viagens internacionais e posse em concursos públicos.

Revisão

O cadastramento biométrico foi realizado entre fevereiro e novembro de 2018. Na capital, 68,62% dos eleitores compareceram à Justiça Eleitoral e fizeram a revisão. Em Várzea Grande o percentual foi de 71,27%.

08/01/2019 | G1 MT