Pescador profissional é detido com mais de 300 kg de pescado e 51 kg de carne de jacaré em MT

Período proibitivo para pesca nos rios estaduais começou em 1º de outubro. Suspeito pode ser autuado por comercializar e beneficiar espécie proveniente de pesca proibida.
PM-MT/Divulgação

Um pescador de 29 anos foi preso na tarde da quarta-feira (10), em Rondonópolis, após ser flagrado com 378 km de peixe e 51 kg de carne de jacaré.

De acordo com a Polícia Militar, o pescador foi detido durante uma abordagem da Polícia Civil. Ao abordá-lo, os policiais desconfiaram do comportamento dele e do cheiro de peixe na residência.

Ele foi levado para a delegacia e pode ser autuado por comercializar e beneficiar espécie proveniente de pesca proibida.

O pescado apreendido foi doado para uma comunidade terapêutica, que acolhe dependentes químicos para tratamento.

Piracema

O período proibitivo para pesca nos rios de Mato Grosso teve início em 1º de outubro e segue até o dia 31 de janeiro de 2019.

Os pescadores profissionais, que têm carteirinha, podem pedir o seguro defeso a partir do dia 10 de outubro. Eles vão receber um seguro-desemprego pelo período de quatro meses, já que não poderão trabalhar nos rios.

11/10/2018 | G1 MT