Inscrições para vestibular da Unemat encerram no dia 21 de maio

Inscrições custam R$ 100 e podem ser feitas pela internet. Ao todo, as 2.340 vagas ofertadas serão distribuídas em 10 campi da instituição.
Moisés Bandeira/Divulgação

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) abriu inscrições para vestibular com mais de duas mil vagas ofertadas em 58 cursos da instituição. As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de maio através da internet. Quem solicitar isenção de taxa deve comprovar a situação com documentos comprobatórios até o dia 17 de abril. A inscrição custa R$ 100.

Ao todo, as 2.340 vagas ofertadas serão distribuídas em 10 campi da instituição. As provas serão realizadas em todas as cidades onde a Unemat oferta vagas, além de Cuiabá, dentre as quais o candidato pode optar no ato da inscrição.

Todos os cursos oferecidos destinam 40% das vagas para ampla concorrência e reservam 25% para o programa de cotas, que inclui candidatos negros ou pardos, e outras 35% a estudantes oriundos de escolas públicas.

Podem pedir isenção da taxa os candidatos com renda familiar inferior a dois salários mínimos, doadores de sangue, ou profissionais técnicos da Educação Superior da Unemat.

O vestibular 2017/2 compreende duas fases. A primeira tem quatro provas objetivas com questões sobre ciências da Natureza e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, linguagens, códigos e suas tecnologias. Na segunda etapa é feita a prova de redação. O gabarito preliminar das Provas Objetivas está previsto para divulgação no dia 26 de junho.

Cursos
São oferecidos 58 cursos regulares e dois na modalidade diferenciada. Confira abaixo a lista de cursos por município:

Alta Floresta - agronomia, ciências biológicas, direito e engenharia florestal;

Alto Araguaia - ciência da computação, jornalismo e letras;

Aripuanã - direito, matutino e noturno, na modalidade parceladas.

Barra do Bugres - arquitetura e urbanismo, ciência da computação, direito, engenharia de produção agroindustrial, engenharia de alimentos e matemática;

Cáceres - agronomia, ciência da computação, ciências biológicas, ciências contábeis, direito, enfermagem, educação física, geografia, história, letras, matemática, medicina e pedagogia;

Diamantino - administração, direito, educação física e enfermagem;

Juara - administração e pedagogia;

Nova Mutum - administração, agronomia e ciências contábeis;

Nova Xavantina - agronomia, ciências biológicas, engenharia civil e turismo;

Pontes e Lacerda - direito, letras e zootecnia;

Sinop - administração, ciências contábeis, ciências econômicas, engenharia civil, engenharia elétrica, letras, matemática e pedagogia;

Tangará da Serra - administração (matutino e noturno), agronomia, ciências contábeis, ciências biológicas, enfermagem, engenharia civil e letras;

18/05/2017 | G1 MT